HISTÓRIA DA CASA

ESPREITE OS ESPAÇOS

COMO ENCONTRAR

CONHEÇA A REGIÃO

"A obra final resulta do bom gosto, visão e inspiração das três pessoas envolvidas."

(o bom gosto do casal proprietário e a visão e inspiração do arquitecto)

A PROPRIEDADE

 

A propriedade, de 9 hectares, formada a partir de um conjunto de pequenos terrenos agrícolas que se iniciou em 1872, pertence desde então à mesma família que nela residiu até meados do século passado. A antiga habitação, hoje inexistente, era construída em taipa, processo característico do Baixo Alentejo. Abóbodas assentavam sobre paredes deste material (terra batida) que revelou a sua fragilidade na sequência do sismo de Fevereiro de 1969 que assolou a zona Sul e Sudoeste de Portugal. Os proprietários decidiram então, com o apoio de um arquitecto, a construção de uma nova residência num local da Quinta com melhor horizonte e que constitui a actual habitação.

 

 

A moradia em 1972, na altura da sua conclusão.

 

Posteriormente, foi construída a actual piscina, entre Julho e Agosto de 2008.

 

A construção da actual moradia, projectada em 1970 pelo arquitecto Alfredo Mata Antunes, decorreu desde Fevereiro de 1971 até Junho de 1972. Este arquitecto inspirou-se no estilo desenvolvido em Portugal nos anos 50 e 60 do século XX pelo arquitecto Conceição Silva: a presença do branco contrastando com o betão à vista e com a madeira em tom natural quer no interior, quer no exterior.

A CONSTRUÇÃO

O INTERIOR

No interior, em particular, os espaços largos e amplos são um elemento dominante, com um encontro de múltiplos planos que se intersectam permitindo diferentes entradas de luz.  É um ambiente no qual não é alheia uma inspiração vinda de Frank Lloyd Wright, através da sua Casa da Cascata ou do cenário para a casa de Mount Rushmore, imortalizado por Alfred Hitchcock.

 

 

 

HISTÓRIA DA CASA

ISA DESIGN

© QUINTA DE SANTA CLARA 2014